Vender fotos em bancos de imagens ainda vale a pena?

Tempo de leitura: 4 minutos

Você também acha que esse negócio de vender fotos para bancos de imagens está dando muito trabalho em troca de pouco resultado?
Será que vale a pena mesmo?
Ou é melhor desistir e procurar outra coisa?
Como essas são perguntas que recebo o tempo todo, resolvi escrever este artigo em que expresso minha opinião sobre o assunto.
Continue lendo para saber...
  • a vantagem da venda de fotos na internet em relação a um emprego convencional
  • quanto tempo vai levar para atingir os seus objetivos
  • os três pilares do sucesso em bancos de imagens
 frase-plantar-arvore

Quanto dinheiro se ganha com a venda de nossas fotos em bancos de imagens?

"Depende da sua dedicação" é uma resposta óbvia e irritante, mas muito verdadeira.
O início é extremamente desanimador, devido às rejeições e aos baixos valores das comissões.
"Será que vale a pena tanto esforço em troca de tão pouco?" é uma questão recorrente.
Porém, uma constatação ainda mantém vivas as minhas esperanças: quanto mais trabalhamos, mais ganhamos. Existirá um limite?
Não sei...
De qualquer forma, essa é uma lógica bem mais atrativa do que a de um emprego convencional com salário fixo, no qual o esforço a mais (ou a menos) não tem impacto direto na remuneração.
Sem contar que imagino que você também ame fotografar, como eu...
Quando gostamos do que fazemos, enfrentamos as dificuldades com mais leveza.
Mas em termos práticos, quanto podemos esperar?
Quais as metas a serem perseguidas?

Quanto tempo leva para se obter uma renda considerável?

Vamos chutar alguns números...
Você já parou para calcular o seu retorno mensal por foto?
Então faça essa conta simples. Divida o seu ganho mensal pelo número de fotos online.
Quanto deu?
No meu caso, foi ridículo... tenho até vergonha de dizer... US$ 0,09...
Isso mesmo! Cada imagem aprovada me rende 9 centavos de dólar por mês... e eu acho que isso é muito, muito pouco...
É difícil encontrar dados de outros fotógrafos para fazer uma comparação, porém, a partir de informações obtidas em fóruns internacionais, pude deduzir que o retorno mensal médio por foto de um profissional gira em torno de 50 centavos de dólar.
Ou seja, eu preciso melhorar, e muito, como fotógrafo! Não basta ter nossas fotos aprovadas. Elas devem atender às demandas do mercado para ser vendidas. Afinal, esse é o objetivo do jogo.

Aqui, já podemos estimar um número a ser perseguido.

Num cálculo bem grosseiro, se queremos mil dólares por mês, devemos estabelecer a meta de ter duas mil fotos boas à venda. Da mesma forma, num raciocínio inverso, se o nosso portfólio tem 200 fotos, podemos esperar uma renda mensal otimista de 100 dólares.
Ah... mas esse indicador se refere apenas às fotos que estão online.
Não podemos nos esquecer de que a rejeição faz parte de nossa rotina.
Então, considerando a minha taxa de ~50% de fotos rejeitadas, eu devo produzir 4000 imagens, para ter a metade aprovada para venda.
E aqui finalmente podemos estimar quanto tempo vai levar para obtermos uma renda considerável. E isso vai depender da sua capacidade de produção.
Quantas fotos você consegue produzir e enviar por dia, todos os dias, de maneira consistente?
04 imagens por dia é um número razoável?
Não?
Consegue fazer mais? Ou menos?
Lembre-se que o momento do clique é apenas o primeiro passo.
Depois você ainda terá de inspecionar e selecionar o seu material, aplicar um tratamento básico, e inserir as palavras-chave, que talvez seja a parte mais chata e demorada de todo o processo.
Apenas para finalizar esse exemplo ilustrativo, vamos considerar uma produção média de 04 fotos por dia, com uma taxa de rejeição de 50%, e um retorno mensal por foto de 0,50 dólar.
Para se alcançar uma renda de mil dólares por mês (2 mil fotos aprovadas x 0,50 por foto por mês), nessas condições, seriam necessários cerca de mil dias (1000 dias x 4 fotos/dia x 50% de rejeição = 2 mil fotos), ou seja, 2 anos e 9 meses.

Concluindo...

Se quisermos acelerar o processo, devemos focar os nossos esforços em três pilares:
  • aumentar a eficácia do fluxo de trabalho (para enviar mais fotos por dia)
  • melhorar a qualidade técnica (para reduzir a taxa de rejeição)
  • estar sempre atentos às tendências do mercado (a fim de produzir fotos que vendem mais).
Está disposto a encarar o desafio?
Baixe o e-book "40 Sites para Venda de Fotos" e faça sua escolha.
Mapa do seu plano de Lançamento

Cadastre seu email para receber gratuitamente o e-book com 40 sites para vender fotos>

Fique tranquilo. Respeito sua privacidade, nunca envio spam e você pode sair facilmente quando desejar.

12 Comentários


  1. Atualmente não tenho interesse na venda de fotos em sites microstock, mas me interesso pela didática aplicada em seus vídeos pois são de extrema valia no mercado fotográfico, principalmente no ramo que quero ingressar de fotografias comerciais panorâmicas imersivas

    Responder

    1. Geovane,
      Fico muito grato com a sua presença e participação em minha caminhada.
      Comentários como o seu me renovam a motivação para continuar.
      Desejo boa sorte em seus projetos, e que possamos nos orgulhar de nossas trajetórias.

      Grande abraço!
      Wagner

      Responder

  2. Caro Wagner,
    Gostaria de agradecer imensamente por sua iniciativa.
    Eu assisti a todos os seus vídeos e fiquei muito impressionado primeiro com a sua didática, segundo com a sua franqueza. Na medida em que você compartilha a sua experiência pessoal, você ajuda seus espectadores e leitores a trabalhar de forma determinada e a não criar falsas expectativas neste mercado.
    Eu trabalho há alguns anos como fotógrafo freelancer e não tenho experiências de vendas na internet, porém sempre vislumbrei esta possibilidade. Ao longo de minha carreira, construí um acervo grande de fotos e sempre desejei dar um destino melhor a estas imagens. Pesquisando sobre o assunto, eu encontrei o seu canal no youtube, foi um grande achado. Acabei de baixar o guia de vendas que você escreveu. Lerei com carinho e certamente seguirei a maior parte das suas dicas.
    Mais uma vez agradeço pelo esmero e dedicação
    Abraços
    Rodrigo

    Responder

    1. Ô, Rodrigo…
      Eu que agradeço por você ter dedicado um pouquinho de seu precioso tempo para escrever esse comentário tão gentil!
      Sinta-se à vontade para me contactar por e-mail, para esclarecer ou aprofundar o conteúdo do e-book, e mesmo para sugerir melhorias ou correções.
      Ficarei muito honrado em acompanhar sua trajetória.

      Um abraço!
      Wagner

      Responder

    1. Oi, Deni!!!
      Como falamos no Facebook, logo, logo publicarei mais por aqui.
      Por enquanto ainda estou meio enrolado, pois faço quase tudo sozinho.
      Um abraço e obrigado pelo interesse!
      Wagner

      Responder

  3. Caro Wagner, quero parabenizá-lo pelo seu site e principalmente pela sua dedicação em ajudar os outros que têm interesse em ganhar algum dinheiro com a venda de fotos a “trilhar o caminho das pedras”.
    De todo o material que procurei na internet, seus vídeos foram o que mais me chamaram a atenção. Não só pela humildade e honestidade como você trata a sua jornada, mas também pela didática simples e acessível. Vibrei com sua narrativa sobre as primeiras fotos vendidas e já sonho com o dia que terei o prazer de ver as minhas fotos publicadas por aí.
    Recentemente investi um pouco e comprei uma câmera bacana da Nikon (D3200) para tirar umas fotos melhores. Curiosamente, só de utilizar um material melhor as fotos já melhoraram muito. Imagina só quando eu aprender a utilizar todos os recursos da máquina bem como a trabalhar as fotos em um programa de edição de fotos!!!
    Já solicitei o seu e-book. Sem você querer, já virou o meu mentor. Espero que possamos conversar ainda bastante sobre o assunto.

    Responder

    1. Oi, Felipe!!!
      Que honra! Espero corresponder às expectativas.
      Fique à vontade para compartilhar sua jornada comigo, com todas as conquistas, dúvidas e lições, que buscarei sempre fazer o melhor para lhe ajudar a alcançar seus objetivos.
      Agradeço pelas palavras. Isso me motiva a continuar fazendo cada vez mais e melhor.
      Grande abraço,
      Wagner

      Responder

  4. oi Wagner, tudo bom?! conheci seu trabalho atraves do instagram. assim que voce me seguiu, foi visitar o seu, me interessei, segui de volta e ja fui direto conhecer mais do seu trabalho.
    me interessei bastante por essa ideia de vendas de fotos em bancos de imagens.
    sou iniciante na fotografia. tipo iniciante msm kkk, mas sou um apaixonado por fotos e espero seguir esse ramo e ter sucesso futuramente.
    como eu gosto de fotografar paisagens e natureza, e amo viajar, espero q suas dicas me ajudem a seguir esse caminho que tanto desejo.
    abraços..
    @matheuscoelho95

    Responder

    1. Oi, Matheus!
      Tudo bem? E aí, como você está nessa dura jornada de vender fotos na internet?
      Espero que continue firme e desfrutando de todo o processo com alegria.
      Qualquer coisa estou aqui.
      Um abraço,
      Wagner

      Responder

  5. MUITO BACANA!!! AGRADEÇO IMENSAMENTE A SUA “GIGANTESCA AJUDA” ERA ALGO QUE EU ESTAVA PRECISANDO LER E TOMAR MAIORES CONHECIMENTOS…MUITO OBRIGADO AMIGO !!! DESEJO A VOCÊ MUITO SUCESSO E MUITA SAÚDE PARA CONTINUAR A AJUDAR TANTAS PESSOAS QUE ASSIM COMO EU ENCONTROU AS PALAVRAS E AS DICAS CERTAS NO MOMENTO EXATO…GRANDE ABRAÇO E MUITO OBRIGADO !!!

    Responder

    1. Eu que agradeço por me deixar saber disso, Eduardo!
      Desejo que você tenha persistência e atitude para atingir seus objetivos.
      Por favor, vá me contando sobre seus avanços.
      Será uma honra lhe acompanhar!

      Um abraço, Wagner

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *