Você Não Deve Continuar na Fotografia Se Fizer Isso

Tempo de leitura: 7 minutos

Será que você tem motivos para continuar fotografando? Será que vale mesmo a pena? Será que não é muito esforço para pouca recompensa? Essas são apenas algumas das perguntas que eu me fazia até não muito tempo atrás. Na verdade, algumas delas ainda ressoam na minha cabeça. Talvez você deva estar com essas mesmas perguntas se deve ou não deve continuar na fotografia.

É muito natural que todos nós passemos a nos sentir desconfortáveis quando estamos fazendo algo em que não vemos resultado imediato. Somos seres imediatistas, de resposta rápida. Respondemos aos estímulos rapidamente e por isso buscamos recompensas rápidas em tudo o que fazemos.

Mas na maioria das coisas que valem a pena, o resultado não vem muito rápido. Isso faz com que a maioria dos que começam a vender fotos pela internet desistam logo nos primeiros tropeços. E de fato, tudo o que vale realmente a pena não é merecido para pessoas que desistem facilmente. 

E não há nenhum problema em desistir. Pode ser que você simplesmente perceba que isso não serve para você e vá fazer outra coisa. Não tenha medo desse estímulo. Isso é sua intuição, baseada na sua experiência, te chamando para “cair na real” e ir para outro lado.

Por isso listei abaixo alguns motivos para você não continuar na fotografia (especialmente na venda de fotos na internet).

Você Não Tem Paciência

Não tem jeito. Esse é o jogo do longo prazo e não há nada que você possa fazer para mudar isso. Se você é uma pessoa de pavio curto, provavelmente vai se irritar rápido com a venda de fotos na internet.

Suas fotos serão rejeitadas o tempo todo e quando elas são aprovadas, o ganho é muito pequeno. São centavos de dólares. Para ganhar dinheiro de verdade, você vai precisar vender muito. Isso significa possuir muitas fotos, dezenas de milhares de fotos aprovadas para venda.

Logo, você vai ter que tirar centenas de milhares de fotos e enviá-las para os bancos de imagens para tentar a sua aprovação para então conseguir uma boa renda com esse trabalho.

Portanto, se você não tem muita paciência e nem pretende exercitar esse lado em você, parta para outra. Não tem nenhum problema nisso.

Você gosta de Atalhos

É um problema muito parecido com o tópico acima. Mas o problema aqui é diferente. Algumas pessoas gostam de cortar caminhos. Elas não gostam de seguir as regras e fazer o certo pelo certo. Muitas vezes eu tenho que concordar com elas, pois a burocracia de algumas coisas irrita.

Mas, no fim das contas, o atalho é cheio de espinhos. Ou pior, não leva ao ponto final. E é assim com a venda de fotos na internet. Não existe atalho, e você deve fugir de quem diz que existe. Essa poderá ser a grande frustração que você enfrente ao vender fotos na internet.

Então, se você é daqueles que não querem seguir as regras e aprender com elas, a venda de fotos online não é para você. Definitivamente, você precisa encontrar algo que te dê retorno mais rápido.

Você Não Tem Consistência

O segredo dos que conseguem uma boa renda com vendas de fotos online é a consistência que possuem. Muito mais do que fotos bacanas, eles continuam todos os dias, todos os meses e todos os anos. Sem parar... Nem mesmo nos finais de semana... 

Aqueles que atingiram ganhos altos com a venda de fotos para bancos de imagens, conseguiram isso através de um fluxo constante e de uma rotina padronizada de envio de fotos. Isso exige muita disciplina. Muitas vezes, queremos descansar nos finais de semana. E para o sucesso, isso não é desculpa. 

A não ser que você queira ter resultados medíocres, vai precisar sacrificar algumas coisas em troca de grandes ganhos no futuro. Lembre-se disso. E se não estiver disposto, desista da fotografia.

Você Quer Fazer Tudo Sozinho

Essa é outra característica comum de pessoas que não conseguem progredir na fotografia. E em outros domínios da vida também. Se você é perfeccionista e gosta das coisas "do seu jeito", é melhor não continuar na fotografia. Desista enquanto é tempo.

Se você quiser vender muito, provavelmente vai precisar de mais pessoas te apoiando. Seja com mais fotografias, ou com edição ou então com suporte administrativo para outras tarefas. Você vai precisar delegar e aceitar que muitas vezes as coisas não vão sair como você espera.

Isso é difícil para quem não deseja exercitar esse lado no seu dia a dia. E pode ser que você seja essa pessoa. Mais uma vez, não há nenhum problema com isso. Nenhum. E por isso você pode ficar à vontade para procurar outra atividade para fazer daqui em diante.

Você Acha Que Já é Bom o Bastante

Eu não sou um fotógrafo profissional. Por isso eu sei que existe ainda muita coisa a ser melhorada na minha fotografia, tecnicamente falando. Há muito o que ser melhorado na edição também. Há muito o que ser melhorado no equipamento. Há muito o que ser melhorado em muitas partes da minha fotografia.

Esse já pode não ser o seu caso, que talvez tenha se profissionalizado como fotógrafo. Pode ser que você já tenha atingido o estado da arte no que se refere e tirar fotos. Por isso, não precisa melhorar mais. E que inclusive, pode ensinar.

Portanto, minha dica é: dê aulas. Ministre palestras e organize cursos para ensinar novos fotógrafos. Pois, as chances são que você não admita uma rejeição em um banco de imagens. Um julgamento que é feito por pessoas que muitas vezes são muito menos especializadas que você.

Os bancos de imagens são bastante exigentes. E muito subjetivos. Não são raros os casos em que sou reprovado com uma foto em um dia e aprovado com a mesma foto no outro. Isso pode te deixar muito irritado e desanimado.

Logo, as chances são que a venda de fotos online não seja sua praia.

Você Acha Que Não é Bom o Bastante

Essa característica é o contrário do tópico acima. Você pode ficar se questionando sobre o seguinte:

  • Não tenho equipamento adequado ainda.
  • Minha foto não é boa ainda.
  • Minha técnica não é boa o suficiente ainda.
  • Minha lente não é boa ainda.
  • As fotos que tiro ainda não estão boas para venda.
  • Minha edição ainda é ruim

Isso é muito comum dos que eu chamo de procrastinadores. Logo, se você está sempre adiando o seu início porque nada é bom o suficiente ainda, pode desistir. Porque provavelmente você nunca vai ser bom o suficiente mesmo. E já que vai ficar postergando o seu início na venda de fotos em bancos de imagens, é melhor partir para outra coisa.

Aqueles que obtêm sucesso da venda de fotos online são aqueles que mandaram as primeiras fotos que possuíam. Aquelas fotos guardadas no HD. E enviam mais de 90% das fotos que clicam. Eles não tem medo da rejeição. Eles sabem que o NÃO eles já tem e que qualquer feedback é uma chance de melhorar ainda mais.

Portanto, se você tem pavor de correr riscos, a venda de fotos na internet não é para você.

Conclusão

Apresentei bons motivos para desistir da fotografia. Se mesmo depois de ler esse texto, você ainda quer continuar, então você é dos meus. Se você deseja sempre aprender, não tem medo de correr riscos e não tem medo da rejeição, você é dos meus. Dos nossos.

Afinal de contas, não somos poucos. Somos todos aqueles que buscam ser um pouquinho melhores a cada dia e que gostam desses desafios.

Somos os heróis de nós mesmos. E sabemos que isso vai nos levar muito longe ainda, dentro do objetivo de cada um. Alguns querem ganhar a vida com isso e outros querem apenas sustentar o hobby e comprar um equipamento melhor para isso.

Independente da sua escolha, eu a respeito. E aí, você escolhe continuar ou desistir? Comente abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *