Como Me Cadastrar em Bancos de Imagens?

Tempo de leitura: 4 minutos

Os bancos de imagens são empresas que fazem intermédio entre fotógrafo e comprador para vendas de fotos online. Se você está chegando nesse mundo agora, esse artigo é essencial para você. E mesmo que já esteja tentando há algum tempo, essas dicas podem ser valiosas para aumentar a sua chance de aprovação em novos bancos.

Aqui eu vou apresentar algumas dicas de como se cadastrar em bancos de imagens. Porém, eu recomendo que você veja a lista completa E-book "40 Sites para a Venda de Fotos", o qual pode ser baixado gratuitamente ao final desse artigo.

Nesse e-book eu mostro em detalhes uma técnica ninja para medir o potencial de vendas de suas fotos. No meu curso Mentor FotoAlma eu também mostro os melhores sites para vender fotos na internet. Tudo de forma minuciosa.

Mas vamos ao que interessa aqui. Vou responder às principais perguntas sobre como se cadastrar em um banco de imagens.

Preciso ser Fotógrafo Profissional?

Bom, eu sou amador. Acho que isso já diz tudo. Não é preciso ser profissional para começar a vendar suas fotos na internet. Alguns bancos de imagens exigem que você envie uma amostra do seu trabalho antes aprovar o seu cadastro, mas nada que precise ser super produzido. 

Eles apenas querem garantir que o seu material tenha realmente qualidade, antes de te dar dinheiro. Muito justo, não acha? Afinal, fotos de boa qualidade e com pelo menos um certo bom senso são o mínimo para qualquer fotógrafo.

Os bancos de imagens possuem critérios diferentes entre si. Porém, o modelo de negócio de todos eles é muito parecido. Inclusive, ser aprovado em um banco de imagens aumenta suas chances de aprovação em outros, pois você passa a entender melhor o que funciona e o que não funciona. Faz sentido?

Qual o melhor banco de imagens para começar?

Eu comecei no Fotolia. Alguns bancos são mais exigentes que outros. Por exemplo, não fui aprovado logo de cara na Shutterstock, que é super-famosa. Mas, isso faz parte da jornada. 

Não existe nenhuma regra que eu possa dizer: "vá por aqui", mas com base na minha experiência e nos resultados obtidos pelos meus alunos, eu começaria enviando uma amostra de meu trabalho para a Shutterstock, mesmo correndo o risco de rejeição nas primeiras tentativas. Eu não recomendo que você se cadastre em muitos sites enquanto ainda estiver iniciando, porque isso dispersaria o seu foco, pelo menos até entender como o negócio funciona. Além da Shutterstock, eu mandaria as mesmas fotos para o Fotolia, até mesmo para comparar os critérios de avaliação. Só depois de cumprir esse aprendizado básico é que eu te digo: "cadastre-se em quantos bancos de imagens quiser". Aliás, começar por baixo é o caminho natural das coisas. Ninguém sobre uma montanha num único salto, certo?

Existe uma quantidade mínima de fotos necessária antes de se cadastrar?

Alguns bancos de imagens exigem que você envie algumas fotos para avaliação, como mencionei acima. Outros pedem apenas seus dados básicos para cadastro, e logo permitem que você envie suas fotos, as quais terão de ser inspecionadas uma a uma antes de ser colocadas à venda. O fato é que todos vão possuir alguma forma de avaliar a sua fotografia.

Logo, não existe uma quantidade mínima necessária. Mas, eu recomendo que você já venha treinando e se aperfeiçoando com o tempo para ter maiores chances de aprovação no futuro.

Como eu Recebo o Dinheiro dos Bancos de Imagens?

A maneira mais comum é receber pelo Paypal. Os valores das comissões pelas fotos vendidas são pagos na forma de crédito na sua conta do Paypal, e depois você pode transferir para sua conta bancária se quiser. Para receber esses créditos, o fotógrafo deve alcançar o mínimo necessário estipulado por cada agência. A maioria das agências adota valores entre US$ 35 e US$ 100 como pagamento mínimo.

Eu Pago Imposto por esse Recebimento?

Sim. Para quem mora no Brasil, há uma retenção média de 30% sobre os rendimentos já na fonte (a própria agência efetua). Ou seja, o que vem para sua conta já teve imposto debitado. 

Essa é uma pergunta que recebo com tanta frequência, que até publiquei um vídeo no Youtube explicando tudo nos mínimos detalhes. Assista lá.

Espero que sanando essas dúvidas, você já tenha mais liberdade e autoconfiança para fazer o seu cadastro nos bancos de imagens. Para mais saber quais são os melhores bancos de imagens do mundo, baixe agora de forma gratuita o meu E-book "40 Sites para Venda de Fotos".

Mapa do seu plano de Lançamento

Cadastre seu email para receber gratuitamente o e-book com 40 sites para vender fotos>

5 Comentários


  1. Enviei 5 fotos para o Shutterstock, todas em inglês (só vi depois que poderia mudar para português) e tive muita dificuldade com os nomes próprios sendo apontados como erro (memo submetendo novamente, conforme a instrução), no fim só consegui enviar uma, as outras quatro tiveram que ficar em “standby” até que a primeira fosse moderada.
    Como faço para enviar as 10 primeiras de uma vez só?

    No Fotolia, quando fui enviar (vender imagens) fui logo direcionado para o AdobeStock também.

    Uma sugestão: seria possível no futuro fazer com que os seus links (shutterstock, fotolia e outros) pudessem ser abertos em uma nova guia (clicando no direito do mouse)?
    Pois, cada vez tem que ser reiniciado o “Do zero à primeira venda” quando se entra em qualquer link.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *